Apresentação da Campanha

Promova missões nas redes sociais
Para entendermos a campanha precisamos começar pelo versículo e seu contexto. Antes de lermos o versículo chamo sua atenção diante do que ocorria nos arraiais do povo de Deus, algo diferente, algo muito diferente estava acontecendo em Israel nesse dia.

"E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." 2 Crônicas 7:14

Certamente você já leu ou já ouviu esse verso diversas vezes, mas nos atentaremos ao contexto dele, a história que o precede. O capítulo anterior, 2 Crônicas 6, relata a inauguração do templo por Salomão.

"O Senhor lhe disse: “Você fez bem quando planejou construir um templo para mim, mas você não o construirá. Será o seu filho quem construirá o meu Templo.” E agora o Senhor cumpriu a sua promessa. Eu fiquei no lugar do meu pai como rei de Israel e construí o Templo para a adoração do Senhor, o Deus de Israel." 2 Cronicas 6:8-10
Antes da inauguração do templo, Salomão ora a Deus: "Escuta as minhas orações e as orações do teu povo quando eles orarem com o rosto virado para cá. Sim, da tua casa no céu, ouve-nos e perdoa-nos. (2 Cronicas 6:21)". Nessa oração ele faz alguns pedidos, ele pede clamando pela justiça interpessoal, ele pede clamando pelas colheitas, ele pede clamando para que Deus perdoe o pecado do povo quando o povo pecar e ele pede também para que Deus os guarde nas guerras.

Após essa oração o templo é inaugurado e Deus responde ao rei que orou pelo seu povo:

"Então o SENHOR Deus apareceu de noite a Salomão e disse: — Eu ouvi a sua oração e escolhi este Templo para ser o lugar onde serão oferecidos os sacrifícios. Quando eu fechar o céu e não deixar que chova, ou ordenar aos gafanhotos que destruam as colheitas, ou mandar uma peste atacar o povo, se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.Escutarei com atenção as orações que forem feitas neste Templo, pois é o Templo que escolhi e separei para ser o lugar onde deverei ser adorado para sempre. Eu tomarei conta dele e sempre o protegerei." 2 Crônicas 7:12-16
O texto base da nossa campanha, portanto, é uma resposta de Deus aos anseios do rei Salomão. Diante disso tudo encontramos nesse texto e no contexto algumas diretrizes que norteiam nossa campanha:

1. A SITUAÇÃO DE CALAMIDADE (AS MAZELAS DO POVO)
"Quando eu fechar o céu e não deixar que chova, ou ordenar aos gafanhotos que destruam as colheitas. "2 Crônicas 7:13 

Os problemas daquele povo eram falta de chuva, as pragas na colheita, as guerras, a falta de alimentos. E foi por isso que Salomão orou. Olhando para nosso estado temos outras mazelas, o alto índice de criminalidade, o alto índice de morte por arma de fogo, somos o estado mais violento contra a mulher, somos o estado que mais mata jovens, nosso povo vive com insegurança. Assim como eles, o povo de Israel, tinham o estado de calamidade deles. Nós temos o nosso.

2. A ATITUDE DO POVO DIANTE DA CALAMIDADE
"se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos" 2 Crônicas 7:14a

Diante da calamidade, Deus espera que o povo tenha a atitude de buscá-lo, se arrepender, abandonar os seus pecados e orar. Todavia, nosso estado ainda não tem se dobrado a Deus. Nosso povo é muito religioso mas não encontra a verdade que vai realmente levar liberdade diante das mazelas que vivemos. Mas nós, que somos o povo que se chama pelo nome de Deus, responderemos a esse clamor e tomaremos a atitude de ensiná-los a Palavra de salvação.


3. A PROMESSA E A RESPOSTA DE DEUS DIANTE DA ATITUDE DO POVO
"Então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." 2 Crônicas 7:14b

A promessa de Deus é sarar a terra. Se o nosso povo aprender a buscar ao verdadeiro Deus, se humilhar e se converter dos seus maus caminhos o estado do Espírito Santo será sarado. Nossos índices de criminalidade vão diminuir, nossos jovens não terão sua vida interrompida e as mulheres do nosso estado serão amadas e respeitadas. 

4. NÓS SOMOS A RESPOSTA
"Escutarei com atenção as orações que forem feitas neste Templo, pois é o Templo que escolhi e separei para ser o lugar onde deverei ser adorado para sempre. Eu tomarei conta dele e sempre o protegerei"  2 Crônicas 7:15-16

Deus promete também que vai nos ouvir. É bom relembrar que agora, depois da morte e ressurreição de Cristo, somos o templo onde Deus habita. E sim, ele nos escolheu e nos separou. O Espírito Santo Clama, quem responderá? Nós, os batistas capixabas, seremos a resposta.


CAMPANHA 2015

Depois de entendermos que há uma situação de calamidade no nosso estado, de que temos que ter uma atitude diante dessa calamidade, relembrar que nos nos fez uma promessa e ainda que Ele conta conosco para levarmos salvação, chegamos, portanto, na nossa campanha.

Divisa: "E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." 2 Crônicas 7:14

Tema: O Espírito Santo Clama, quem responderá?


Imagem da campanha: Mulher sofrendo amparada por um policial. Essa imagem engloba todos os sentidos da campanha. Ela representa um povo que sofre. A imagem pode representar uma mãe que sofre por que seu filho está envolvido com drogas, pode representar também uma mulher que sofre por causa da violência contra mulher ou ainda representa um povo sem esperança que não conhece a verdade.



Ênfases:  Drogas - Muitas pessoas estão vivendo uma droga de vida / Violência contra mulher - O estado mais violento contra a mulher. / Religiosidade - Tem gente que anda quilômetros buscando a verdade mas não a encontra.






Apresentação, criação e marketing da campanha por Pr. Jullyander de Lacerda
>>

www.missoesestaduais.com

Campanha de Missões Estaduais 2015
O Espírito Santo Clama, quem responderá?

0 comentários:

Postar um comentário

 

MISSIONÁRIOS dos batistas capixabas

Copyright © 2015 Missões Estaduais
Ministério de Missões e Evangelismo
Convenção Batista do Estado do Espírito Santo
Coordenação do MEVAM por Pr. Keiny Moreira
Criação e marketing da campanha por Pr. Jullyander de Lacerda
Template distribuído Gratuitamente