Bairro de Lourdes - Missão Batista em vitória tem vencido desafios numa comunidade muito reservada

Promova missões nas redes sociais

Conveniada à Igreja Batista Mata da Praia e ao Ministério de Evangelismo e Missões (Mevam), a Missão Batista em Bairro de Lourdes tem pela frente o grande desafio de divulgar a Palavra de Deus para uma comunidade considerada fechada. “É um bairro muito carente da Palavra. As pessoas, em grande parte de classe média alta, são muito reservadas. Sofrem com depressões, tentativas de suicídio. É uma região realmente difícil de se trabalhar. Quando eu cheguei, em outubro do ano passado, a missão, que já tinha alguns anos de atuação, contava com 21 membros”, disse o pastor Luiz Antônio.

Segundo ele, em janeiro, foram realizados três batismos e já estão sendo preparados outros três, para julho. Há ainda quatro pedidos de carta, de pessoas que já estão frequentando a igreja. “Hoje estamos com 28 membros, mas com uma frequência de 40 membros”. Para quebrar essa característica fechada do bairro, a missão vem investindo em ações como aulas de karatê, realizadas sempre às terças e às sextas-feiras, às 18h. “O mestre Fábio Oliveira tem feito um trabalho excelente com jovens e adolescentes. É um evangelista nato. E a iniciativa tem dado frutos.

No dia 28 de fevereiro tivemos exame de faixa, com a aprovação de 25 alunos”, falou.  Também na área do esporte, a ideia é oferecer aulas de vôlei e futsal.

Outra ação é a Quarta Kids, na qual uma escola na frente da missão recebe crianças para momentos de estudos e momentos descontraídos. Além disso, há o Connect, encontro que promove confraternização entre os jovens de diferentes igrejas no segundo sábado de cada mês; e a Tela Crente, sempre com filmes de qualidade sendo apresentados na missão no terceiro sábado de cada mês.


A musicalização infantil também tem espaço. Um professor de música recebe os pequenos aos sábados pela manhã. Cerca de 30 crianças já mostraram interesse pela iniciativa. “Nosso objetivo é ganhar almas, cumprindo o Ide do Senhor Jesus. Com todas essas ações, queremos trazer as pessoas, mostrando que a missão pode ser um lugar para benefícios em todas as áreas. Queremos transformá-la em uma igreja em no máximo três anos”, enfatizou.


>>

www.missoesestaduais.com

Campanha de Missões Estaduais 2015
O Espírito Santo Clama, quem responderá?

0 comentários:

Postar um comentário

 

MISSIONÁRIOS dos batistas capixabas

Copyright © 2015 Missões Estaduais
Ministério de Missões e Evangelismo
Convenção Batista do Estado do Espírito Santo
Coordenação do MEVAM por Pr. Keiny Moreira
Criação e marketing da campanha por Pr. Jullyander de Lacerda
Template distribuído Gratuitamente