Jaburuna - Palavra é usada para mudar o bairro

Promova missões nas redes sociais
A atuação da Missão Batista de Jaburuna tem buscado mudar a realidade de um dos bairros mais violentos de Vila Velha. Contando há dois anos com o trabalho do pastor Isack Mariano, os resultados têm aparecido, servindo como mola propulsora para novas iniciativas.  “Quando chegamos, encontramos uma realidade muito diferente da de hoje. Fomos recebidos por 10 crianças, que frequentavam a congregação e mais outras igrejas. Após esses dois anos, vivenciamos momentos de igreja. Como uma frequência de 30 a 40 pessoas, entre crianças, adolescentes e adultos, estamos caminhando e buscando cada vez mais estabelecer uma igreja forte em Jaburuna”, falou Isack.

De acordo com ele, atuar na região apresenta dificuldades, sobretudo por conta da situação de risco social e da falta de valores familiares. “Crianças, adolescentes e jovens são aliciados pelo tráfico e pela prostituição. Homens e mulheres estão entregues ao vício do álcool e ao adultério. Queremos anunciar a Palavra de Deus e, de alguma forma, fazer com que a comunidade seja impactada pelo amor do Pai. Nosso maior desafio é amar a todos, e mostrar que Jesus pode transformar a realidade de cada um. E nisto temos alcançado êxito, para a glória de Deus”, afirmou.

Ele cita como exemplo o trabalho que vem sendo feito junto a uma família local. “Queremos reformar a casa dessa família. É uma família muito pobre, que precisa de uma ajuda social, sobretudo espiritual. Nós queremos ver Deus transformar as vidas dessas pessoas, que têm problemas com o álcool”.

Para alcançar todos os seus objetivos, o pastor disse que a missão utiliza métodos bem simples, porém eficazes. “Todos os dias oramos para que Deus derrame Seu amor em nós e através de nós, para que todos o experimentem. Trabalhamos com evangelismo de dia, de manhã e à noite, na comunidade. Nossos cultos jovens são feitos na rua, e sempre levamos uma mensagem diferente.

Usamos uma linguagem com a qual os jovens se identificam, e ritmos como funk, reggae e hip-hop. Após as pessoas se decidirem por Cristo, começamos um estudo bíblico intensificado e as acompanhamos de perto, para que todas as dúvidas sejam sanadas”.
>>

www.missoesestaduais.com

Campanha de Missões Estaduais 2015
O Espírito Santo Clama, quem responderá?

0 comentários:

Postar um comentário

 

MISSIONÁRIOS dos batistas capixabas

Copyright © 2015 Missões Estaduais
Ministério de Missões e Evangelismo
Convenção Batista do Estado do Espírito Santo
Coordenação do MEVAM por Pr. Keiny Moreira
Criação e marketing da campanha por Pr. Jullyander de Lacerda
Template distribuído Gratuitamente