Revitalização de igrejas: Projeto Gama

Promova missões nas redes sociais
Fundado em agosto de 2002, o Grupo de Apoio Missionário Ágape (Gama) nasceu para trabalhar com revitalização de igrejas batistas no Espírito Santo. Segundo o presidente do projeto, pastor Gilson Rosa, o Gama foi idealizado como forma de reduzir a carência das igrejas no que se refere a obreiros e pessoas ligadas tanto à área eclesiástica quanto à administrativa. “A gente sabe que no interior do Estado existem igrejas em grande dificuldade.

O projeto Gama faz um trabalho de crescimento. Fazemos uma radiografia das necessidades dessas igrejas, vemos o que elas precisam. E aí então é criado um planejamento de como iremos atuar”, falou ele.

Cada campo possui uma realidade diferente, com características e desafios próprios. “Depois que começamos o trabalho, só entregamos essa igreja quando  ela se torna autossustentável. Então damos posse a um pastor, que segue para lá e passa pelo crivo do Gama”, explicou.  Segundo Gilson, o Gama encontrou nesses quase 13 anos muitas congregações feridas e precisando de orientação. “A igreja pioneira foi a de Vila Valério. Quando chegamos lá, em 2003, os cultos recebiam cerca de 10 pessoas. Hoje, liderada pelo pastor Alcenir José Sarmento, a mesma igreja já conta com quase 180 membros”.

Em seguida, o projeto começou a atuar no município de Irupi. A igreja da cidade, que tinha 28 membros antes do Gama, saltou para os atuais 70. “O pastor Eduardo Santos também vem fazendo um excelente trabalho. É uma igreja que não depende mais financeiramente da Convenção para conduzir as suas atividades”. 

Então, a pedido da Convenção, o Gama passou a desenvolver também um trabalho em Novo Brasil, em Governador Lindenberg. “Reabrimos a igreja, que estava fechada há três anos. Após um ano de atuação, registramos a frequência de 30 adultos e 35 crianças. E a 18 km de distância dali, o Gama atua também em uma congregação, que tem dado resultados positivos. Assumimos com 25 membros e hoje temos em torno de 60. Temos uma turma grande para batizar. 

Fomos também atrás de melhor estrutura: o espaço era bem pequeno, em um terreno de 140 m². Vendemos e compramos outro de 834 m². Construímos um templo provisório, enquanto o outro não fica pronto”, disse Gilson. O Gama atua ainda na igreja em Pedro Canário, Norte do Estado. Dos 30 membros, registrados na época em que projeto assumiu a igreja, os cultos passaram a contar com 80. “A partir de janeiro deste ano, colocamos lá o pastor Marcelo Abdon, que vem conduzindo o trabalho de forma marcante. Ele ainda conta com o apoio do Gama, que permanece um tempo, antes de entregar a igreja definitivamente”, frisou. O Gama é formado atualmente por 14 pastores e dois seminaristas, que se reúnem todas as segundas-feiras, em Cidade Continental, na Serra. Além do acompanhamento as novidades dos trabalhos realizados, são debatidas novas estratégias que fortalecem as igrejas e resultam em avanços para o campo missionário estadual. 

>>

www.missoesestaduais.com

Campanha de Missões Estaduais 2015
O Espírito Santo Clama, quem responderá?

0 comentários:

Postar um comentário

 

MISSIONÁRIOS dos batistas capixabas

Copyright © 2015 Missões Estaduais
Ministério de Missões e Evangelismo
Convenção Batista do Estado do Espírito Santo
Coordenação do MEVAM por Pr. Keiny Moreira
Criação e marketing da campanha por Pr. Jullyander de Lacerda
Template distribuído Gratuitamente