NOVO Sermão: O Espírito Santo Clama: Quem responderá?

Promova missões nas redes sociais
"O Espírito Santo Clama! Quem Responderá?"
II Crônicas 7:14
A Ocasião em que se encontra esse texto é uma ocasião muito especial, a Inauguração do Templo de Salomão, um momento simbólico em que estava sendo selada a aliança de Deus com o Seu povo.
Deus sabia que o seu povo Israel passaria por momentos difíceis, e afirma ao seu povo que mesmo que eles desobedecessem, se eles clamassem, os seus ouvidos estariam atentos a ouvir o clamor de seu povo. Hoje vivemos um momento muito difícil em nosso país, momento não apenas de dificuldade financeira, mas de degradação moral e espiritual têm nos deixado perplexos. Qual deve ser o comportamento do povo de Deus nesses tempos?
I) O Povo que se chama pelo nome do Senhor
Esta frase denota dois aspectos importantes: O primeiro é o aspecto de pertença, esse povo pertence a mim, ele são identificados pelo meu nome. No período do Antigo testamento  essa frase dizia respeito ao povo de Israel, escolhido por Deus para ser um modelo da manifestação de Deus na Terra.   No contexto do Novo Testamento, os discípulos de Jesus,  ou seja,  nós somos identificados como aqueles que pertencem ao Reino de Deus. Em João 1:12 – Em Cristo fomos feitos filhos de Deus, ou seja seram chamados pelo seu nome. O Segundo aspecto é a representação, quando somos chamados por um nome, nós representamos aquele nome. Portanto, se cabia a Israel ser instrumento de Deus para que os outros povos desejassem servir ao grande “Eu SOU’. Somos identificados como os representantes de Deus, sacerdotes, povo adquirido pelo sangue de Cristo, e nossa missão é sermos instrumentos de Deus para a salvação daqueles que ainda não pertencem ao seu povo. assim como vemos no exemplo dos cristãos em Antioquia, (Atos 11:26).
Como temos representado o nome de Nosso senhor Jesus Cristo aqui na terra? O Estado do Espirito Santo Clama, qual tem sido nossa resposta como representantes de Nosso Senhor Jesus Cristo?
II) O Povo que se Humilha
Quando olhamos para Isaias 6:1-6, nos deparamos com uma imagem que melhor retrata esse valor que é atribuído ao povo de Deus. Após uma profunda experiência com Deus, Isaias identifica seus estado de pecador, e o estado de pecado que o povo ao seu redor estava vivendo.
Vivemos num contexto degradado, em que as pessoas ostentam o que têm muitas vezes ativas por suas posses e seu conhecimento, porém vazias em seu ser. Infelizmente essa cultura tem permeado o povo de Deus, e a chamada “teologia da prosperidade” nos levou a um patamar em que Deus é nosso escravo e tem o dever de satisfazer nossas vontades.  No entanto, quando olhamos para o Evangelho de Cristo, não é isso que vemos, vemos uma postura de humildade e serviço, de dedicação e altruísmo. 
Queridos irmãos o Estado do Espirito Santo clama por pessoas quebrantadas, dispostas a se doarem por amor ao Evangelho. Por pessoas que estejam dispostas a ouvirem suas necessidades e que demonstrem compaixão amor.
III) O Povo que Ora
Como já dissemos, esse é um momento extremamente difícil em nossa sociedade, sobretudo, para as pessoas de bem. Valores invertidos, destruição da família, jovens perdidos nas drogas, violência... contudo, não vemos sinais de que isso possa melhorar. No Antigo Testamento, encontramos uma situação parecida no livro de Daniel capítulo 9, em que após um período de desobediência, o povo sofreu grandemente as consequências, no entanto, o que impressiona é que mesmo em um tempo tão difícil, Daniel chama a atenção de que ainda assim, o povo não clamou a Deus. “Como está escrito na lei de Moisés, todo este mal nos sobreveio; apesar disso, não suplicamos à face do Senhor nosso Deus, para nos convertermos das nossas iniquidades, e para nos aplicarmos à tua verdade”. (Daniel 9:13) . Precisamos entender que como povo de Deus, precisamos manter um relacionamento com Ele, e mais do que isso, ele nos coloca como seus “Atalais” – Guardiões da responsabilidade de vigiarmos, em oração, de intercedermos pela nossa família, nossos vizinhos, nossa cidade, nosso estado.

O estado do Espirito Santo Clama - Quem intercederá? Deus quer usar sua vida para abençoar nosso estado, a começar pela sua casa.
Queridos irmãos batistas capixabas, Deus nos chamou das trevas para sermos luz, nos deu o privilégio de sermos chamados seu povo,  povo adquirido. Ele espera de nós que sejamos seus representantes, que glorifiquemos seus nome através de nossas vidas, e que anunciemos o Evangelho que é a única forma de restaurar a esperança de nosso povo. Ele deseja que sejamos seus “atalaias”, clamando pelo povo de nosso estado e sendo benção as pessoas que estão ao nosso redor. O Espirito Santo Clama! Qual será a sua resposta?


Pr. David Hoffmam Alencastre
Missionário de Missões Estaduais

>>

www.missoesestaduais.com

Campanha de Missões Estaduais 2015
O Espírito Santo Clama, quem responderá?

0 comentários:

Postar um comentário

 

MISSIONÁRIOS dos batistas capixabas

Copyright © 2015 Missões Estaduais
Ministério de Missões e Evangelismo
Convenção Batista do Estado do Espírito Santo
Coordenação do MEVAM por Pr. Keiny Moreira
Criação e marketing da campanha por Pr. Jullyander de Lacerda
Template distribuído Gratuitamente