SERMÃO: DEUS OUVE O CLAMOR DO SEU POVO

Promova missões nas redes sociais



O tema da campanha de Missões Estaduais deste ano, alerta para algo que é muito antigo, porém, é bom lembrar, porque com o passar do tempo, temos a tendência natural de esquecer.

Queremos lembrar primeiramente, que Deus sempre ouviu o clamor do seu povo:
Quando José era governador no Egito, Israel, o chamado povo de Deus, foi bem sucedido ali. No entanto, após a morte de José, este povo começou a ser perseguido pelo rei Faraó e passou a viver como escravo, sofrendo as maiores humilhações e tormentos por ser considerado uma ameaça para a dinastia faraônica. "E disse o Senhor: Tenho visto atentamente a aflição do meu povo, que está no Egito, e tenho ouvido o seu clamor por causa dos seus exatores, porque conhecia as suas dores” (Êxodo 3.7, BÍBLIA REVISTA E CORRIGIDA). Podemos ver também, Deus ouvindo o clamor de Israel no período da profecia de Ezequiel.  “Então me disse: Filho do homem, estes ossos são toda a casa de Israel. Eis que dizem: Os nossos ossos se secaram, e pereceu a nossa esperança; nós mesmos estamos cortados” (Ezequiel 37.11, BÍBLIA REVISTA E CORRIGIDA).). O povo novamente estava escravizado, desta vez em Babilônia, e, não tinha nem força para clamar, porém havia um desejo, uma vontade, mas não havia mais esperança. Ao perceber o seu  grito de agonia, Deus vem em socorro de seu povo.

Em segundo lugar, queremos lembrar que, quando vai socorrer uma nação, um estado ou uma cidade, Deus sempre usa uma pessoa que esteja disposta a responder o seu chamado. Quando o seu povo estava escravizado no Egito, Deus usou Moisés porque percebeu que, apesar da dificuldade na fala, como ele mesmo afirma em Êxodo 4.10, “Moisés apresentou outra dificuldade: Por favor, Senhor! Eu não sei falar bem. Nunca tive jeito com as palavras, nem antes nem depois de teres falado comigo. Eu gaguejo e sou inseguro para falar” (BÍBLIA A MENSAGEM EM LINGUAGEM CONTEMPORÂNEA), respondeu afirmativamente o seu chamado. Quando o povo estava cativo em Babilônia, Deus usou o profeta Ezequiel porque, na metáfora do vale de ossos secos, mesmo não tendo certeza que os ossos poderiam viver, como afirma no versículo número 3 do capítulo 37 do seu livro,  ele estava disposto a atender a sua ordem.

Em nosso tempo Deus continua chamando pessoas, como eu e você, para socorrer o seu povo que clama. Há um grito de dor implícito na garganta e na mente de muita gente. Gente que lamenta porque perdeu o emprego, gente que chora porque perdeu um ente querido, pais que choram a perda do filho para a droga. Gente desesperada a procura de segurança, paz e consolo para a alma.

Diante do clamor do povo, principalmente, do nosso povo do Estado do Espírito Santo, qual será a sua resposta? Pois, como sempre digo, Deus não depende  de nós, porém, conta conosco para a realização da sua obra. 
Abraços.

Pr. Juarez Monteiro da Silva 
(Igreja Batista Monte Sião – Cachoeiro de Itapemirim)
>>

www.missoesestaduais.com

Campanha de Missões Estaduais 2015
O Espírito Santo Clama, quem responderá?

0 comentários:

Postar um comentário

 

MISSIONÁRIOS dos batistas capixabas

Copyright © 2015 Missões Estaduais
Ministério de Missões e Evangelismo
Convenção Batista do Estado do Espírito Santo
Coordenação do MEVAM por Pr. Keiny Moreira
Criação e marketing da campanha por Pr. Jullyander de Lacerda
Template distribuído Gratuitamente